Nada encontrado
Complain
COBERTURA para venda com ESCRITURA PÚBLICA 03 quartos, sendo 03 suítes, sala integrada com cozinha muito ampla, sala de tv, banheiro social, sala de jantar, área de serviço, terraço, jacuzzi, hobby box, vista maravilhosa do terraço, paredes com massa corrida, esperas para split, aquecimento á gás, piso em porcelanato, sacada com churrasqueira e 2 vagas garagem privativa. Registro de Incorporação n. 133.414 - Possibilitando FINANCIAMENTO BANCÁRIO O condomínio auto sustentável com aquecimento Solar e energia fotovoltaica, aproveitamento de água da chuva e dos aparelhos split, energia fotovoltaica para áreas comuns, hidrômetros individuais, aquecimento solar para aquecimento da água, piscina, salão de festas, sala fitness, gás central e brinquedoteca, home box, persianas automatizadas nos quartos, esquadrias em alumínio, manta acústica. Fácil acesso ao mar e SC-403. Distância da praia de aproximadamente 800m. Conhecendo os Ingleses!! A Praia dos Ingleses é um dos destinos mais movimentados da ilha durante o ano inteiro e, principalmente, no verão. Isso porque conta com grande infraestrutura que vai de serviços na praia até um pequeno shopping center. Bares, shows, restaurantes, casas noturnas e o forte comércio garantem a diversão de famílias e jovens à noite, enquanto que durante o dia a praia é o local preferido. Ingleses é um dos principais destinos de turistas do Cone Sul. Por conta disso, muitos estabelecimentos oferecem serviços bilíngues e não é difícil encontrar jornais argentinos, casas de câmbio, lan houses e telefônicas. A grande extensão da praia permite que, de um lado, o mar seja calmo e ideal para levar crianças e idosos e, de outro, as ondas sejam fortes e propícias para o surf. É o destino certo para quem quer praia com bastante movimentação, bares na areia, música, compras, paquera. A praia tem um apelido: Zinga. Nativos e moradores geralmente falam assim. Características Naturais da Praia dos Ingleses: É uma praia aberta, voltada para o oceano a nordeste. Faz fronteira ao norte com a Ponta da Feiticeira, que separa a Praia dos Ingleses da Praia Brava, esta região conta com trilhas que permitem o acesso a pé para as duas praias. Ao sul, o Morro dos Ingleses faz a divisa da Praia dos Ingleses com a Praia do Santinho, também é possível fazer trilhas por este trajeto. A praia tem grande extensão, chegando muito perto dos 5km. As ondas são fortes e longas, sendo que no canto norte elas são maiores e mais violentas do que no canto sul. A areia é muito fina e branca, sendo que há, nesta região, a maior formação de dunas da cidade. No verão, a temperatura da água fica quente e agradável, própria para aquele banho gostoso. História da Praia dos Ingleses: Há poucos registros históricos sobre a Praia dos Ingleses. Sabe-se que ela carrega esta denominação por conta do naufrágio de uma embarcação inglesa na área, entre 1683 e 1737. Estas datas foram estabelecidas pela análise dos objetos encontrados, como uma régua de Gunther com a inscrição ?1683?, vasos de cerâmica onde se guardava a água potável e diversos outros instrumentos náuticos. Pelas condições em que o leme da embarcação foi encontrado, sugere-se que houve um incêndio a bordo. Algumas ossadas foram desenterradas. Elas pertenciam a homens de 16 a 20 anos ? idade comum dos marujos na época. Os sobreviventes se estabeleceram na região da Praia dos Ingleses, onde praticavam a agricultura para garantir a sobrevivência. A embarcação está enterrada na areia em profundidades que variam entre um e oito metros, com mais dois metros de água por cima ? a, aproximadamente, cinquenta metros da praia. Descobriu-se este naufrágio em 1989, quando um mergulhador encontrou uma jarra de cerâmica, que logo se tornou a primeira pista para historiadores e arqueólogos. Surgiram na região alguns engenhos de açúcar e farinha. Também se criava gado e galinhas. Era uma região tipicamente açoriana, com intensa atividade pesqueira. A Praia dos Ingleses carrega até hoje o título de recordista em lance de tainha, pois chegou a recolher mais de 80 mil tainhas em um só lance. Até 1958, a comunidade que lá se estabeleceu integrava o Distrito de São João Batista do Rio Vermelho. Depois disso, passou a ser um distrito próprio. A região cresceu e tornou-se um grande centro turístico, com grande infraestrutura. É também a região de praia mais residencial, onde se encontra o maior número de moradores, que ultrapassam os 15 mil. Hoje, muitos até falam que Ingleses é uma cidade e não um bairro. Agende uma visita com um de nossos corretores pelos fones: Escritório: 48 3067-7357 Maximiliano Borgonovo - Creci: 34338 F - Fone: 48 9 9123-7031 Cristina de Oliveira - Creci: 31357 F - Fone: 48 9 9854-3737 #imoveis #imobiliária #Florianópolis #compra #venda #permuta #locação #temporada #terreno #apartamento #BairroIngleses #casa #canasvieiras #imóvel #aluguel #frenteparaomar #vistaparaomar Conhecendo Campeche Com três quilômetros e meio de extensão, a Praia do Campeche é muito frequentada por surfistas e kitesurfistas, devido as características do mar e vento, e pela galera jovem, principalmente na região do Riozinho. Mas também recebe várias famílias e idosos. Na realidade, é uma das praias mais ecléticas e democráticas da Ilha. A praia inicia nas proximidades da Lagoinha Pequena, limite sul da Praia da Joaquina, e finaliza no canto norte do Morro das Pedras, no extremo sul. Por não existir marcos geográficos que separe as três praias, dá para passear à vontade por vários quilômetros de areia. A região da Praia do Campeche também é famosa pela paradisíaca Ilha do Campeche, localizada a cerca de 1,5 quilômetros da praia. Há vários passeios de barcos e escunas, especialmente para a Ilha, que saem da Praia da Armação, Barra da Lagoa e do próprio Campeche. Lá você encontra sítios arqueológicos com inscrições rupestres e oficinas líticas, com mais de 4.500 anos e trilhas. Para que gosta de mergulhar, há passeios pelas trilhas subaquáticas conduzidos por monitores, onde podem ser avistados cavalos marinhos, anémonas e lindos peixes por entre as pedras. Além de suas belezas naturais, a localização estratégica do Campeche facilita o deslocamento rápido para as praias tanto do sul quanto do leste da ilha. Um dos visitantes mais ilustres do Campeche ? homenageado com o nome da principal avenida do bairro, a Pequeno Príncipe ? foi o escritor e aviador francês Antoine de Saint-Exupèry. Durante a década de 20, Saint-Exupèry era o comandante de um vôo do correio francês que fazia escalas em um campo de pouso instalado no Campeche, o que certamente é um dos marcos históricos da comunidade. Características Naturais do Campeche São 11,5 quilômetros de praia, com faixa de areia branca, fina e larga. O mar do Campeche é grosso, com águas frias e de salinidade geralmente elevada. As ondas são fortes e as de direita com ondulação de sul proporcionam condições ideais para o surf, o que torna a praia um dos principais redutos do esporte em Florianópolis. As Dunas do Campeche abrigam uma área de 121 hectares e são tombadas como Patrimônio Natural e Paisagístico do município. A área é um campo de dunas fixas, semi-fixas e móveis, situado ao longo da praia. Nestes locais encontra-se vasta vegetação de restinga, herbácea, arbustiva e arbórea; e também vegetação rasteira. Outros lugares para se visitar são as reservas ecológicas: Lagoinha da Chica e Lagoinha Pequena. História do Campeche De acordo com dados da prefeitura, o mapa de 1786 mostra que toda a orla leste era tida como uma única praia, a Praia do Mandú. O Mapa de Paulo José Miguel de Brito revela que a Ilha do Campeche já tinha esse nome desde 1790. A partir de 1860, a praia também passou a ser chamada de Campeche. Havia muito Campeche ou Pau de Campeche na Ilha, no período de colonização, então daí surgiu o nome. Há outra versão, mais popular e difundida. O correio aéreo francês Sociêté Latécoère, na década de 20, optou por construiu no Campeche um campo de pouso para reabastecer os voos Paris-Buenos Aires. O escritor Saint-Exupéry era o comandante da rota e parava sempre para descansar. Encantado, fez amizades e ficou um tempo por aqui. Dizem que o nome Campeche surge neste momento, quando o francês dizia Champ et Pêche para designar o Campo de Pesca. Enfim, sabe-se que o Campo de Aviação marcou história, sendo o primeiro aeroporto internacional do sul do país. E a principal rua do bairro leva o nome de Pequeno Príncipe, principal obra de Saint-Exupéry. Agende uma visita com um de nossos corretores pelos fones: Escritório: 48 3067-7357 Maximiliano Borgonovo - Creci: 34338 F - Fone: 48 9 9123-7031 Cristina de Oliveira - Creci: 31357 F - Fone: 48 9 9854-3737
SC,Florianópolis,Ingleses do Rio Vermelho
3 quartos
152 m²
700.000 R$
25/03/2018
3 quartos152 m²25/03/2018
Maiscampainha.com.br
SC,Florianópolis,Ingleses do Rio Vermelho
COBERTURA para venda com ESCRITURA PÚBLICA 03 quartos, sendo 03 suítes, sala integrada com cozinha muito ampla, sala de tv, banheiro social, sala de jantar, área de serviço, terraço, jacuzzi, hobby box, vista maravilhosa do terraço, paredes com massa corrida, esperas para split, aquecimento á gás, piso em porcelanato, sacada com churrasqueira e 2 vagas garagem privativa. Registro de Incorporação n. 133.414 - Possibilitando FINANCIAMENTO BANCÁRIO O condomínio auto sustentável com aquecimento Solar e energia fotovoltaica, aproveitamento de água da chuva e dos aparelhos split, energia fotovoltaica para áreas comuns, hidrômetros individuais, aquecimento solar para aquecimento da água, piscina, salão de festas, sala fitness, gás central e brinquedoteca, home box, persianas automatizadas nos quartos, esquadrias em alumínio, manta acústica. Fácil acesso ao mar e SC-403. Distância da praia de aproximadamente 800m. Conhecendo os Ingleses!! A Praia dos Ingleses é um dos destinos mais movimentados da ilha durante o ano inteiro e, principalmente, no verão. Isso porque conta com grande infraestrutura que vai de serviços na praia até um pequeno shopping center. Bares, shows, restaurantes, casas noturnas e o forte comércio garantem a diversão de famílias e jovens à noite, enquanto que durante o dia a praia é o local preferido. Ingleses é um dos principais destinos de turistas do Cone Sul. Por conta disso, muitos estabelecimentos oferecem serviços bilíngues e não é difícil encontrar jornais argentinos, casas de câmbio, lan houses e telefônicas. A grande extensão da praia permite que, de um lado, o mar seja calmo e ideal para levar crianças e idosos e, de outro, as ondas sejam fortes e propícias para o surf. É o destino certo para quem quer praia com bastante movimentação, bares na areia, música, compras, paquera. A praia tem um apelido: Zinga. Nativos e moradores geralmente falam assim. Características Naturais da Praia dos Ingleses: É uma praia aberta, voltada para o oceano a nordeste. Faz fronteira ao norte com a Ponta da Feiticeira, que separa a Praia dos Ingleses da Praia Brava, esta região conta com trilhas que permitem o acesso a pé para as duas praias. Ao sul, o Morro dos Ingleses faz a divisa da Praia dos Ingleses com a Praia do Santinho, também é possível fazer trilhas por este trajeto. A praia tem grande extensão, chegando muito perto dos 5km. As ondas são fortes e longas, sendo que no canto norte elas são maiores e mais violentas do que no canto sul. A areia é muito fina e branca, sendo que há, nesta região, a maior formação de dunas da cidade. No verão, a temperatura da água fica quente e agradável, própria para aquele banho gostoso. História da Praia dos Ingleses: Há poucos registros históricos sobre a Praia dos Ingleses. Sabe-se que ela carrega esta denominação por conta do naufrágio de uma embarcação inglesa na área, entre 1683 e 1737. Estas datas foram estabelecidas pela análise dos objetos encontrados, como uma régua de Gunther com a inscrição ?1683?, vasos de cerâmica onde se guardava a água potável e diversos outros instrumentos náuticos. Pelas condições em que o leme da embarcação foi encontrado, sugere-se que houve um incêndio a bordo. Algumas ossadas foram desenterradas. Elas pertenciam a homens de 16 a 20 anos ? idade comum dos marujos na época. Os sobreviventes se estabeleceram na região da Praia dos Ingleses, onde praticavam a agricultura para garantir a sobrevivência. A embarcação está enterrada na areia em profundidades que variam entre um e oito metros, com mais dois metros de água por cima ? a, aproximadamente, cinquenta metros da praia. Descobriu-se este naufrágio em 1989, quando um mergulhador encontrou uma jarra de cerâmica, que logo se tornou a primeira pista para historiadores e arqueólogos. Surgiram na região alguns engenhos de açúcar e farinha. Também se criava gado e galinhas. Era uma região tipicamente açoriana, com intensa atividade pesqueira. A Praia dos Ingleses carrega até hoje o título de recordista em lance de tainha, pois chegou a recolher mais de 80 mil tainhas em um só lance. Até 1958, a comunidade que lá se estabeleceu integrava o Distrito de São João Batista do Rio Vermelho. Depois disso, passou a ser um distrito próprio. A região cresceu e tornou-se um grande centro turístico, com grande infraestrutura. É também a região de praia mais residencial, onde se encontra o maior número de moradores, que ultrapassam os 15 mil. Hoje, muitos até falam que Ingleses é uma cidade e não um bairro. Agende uma visita com um de nossos corretores pelos fones: Escritório: 48 3067-7357 Maximiliano Borgonovo - Creci: 34338 F - Fone: 48 9 9123-7031 Cristina de Oliveira - Creci: 31357 F - Fone: 48 9 9854-3737 #imoveis #imobiliária #Florianópolis #compra #venda #permuta #locação #temporada #terreno #apartamento #BairroIngleses #casa #canasvieiras #imóvel #aluguel #frenteparaomar #vistaparaomar Conhecendo Campeche Com três quilômetros e meio de extensão, a Praia do Campeche é muito frequentada por surfistas e kitesurfistas, devido as características do mar e vento, e pela galera jovem, principalmente na região do Riozinho. Mas também recebe várias famílias e idosos. Na realidade, é uma das praias mais ecléticas e democráticas da Ilha. A praia inicia nas proximidades da Lagoinha Pequena, limite sul da Praia da Joaquina, e finaliza no canto norte do Morro das Pedras, no extremo sul. Por não existir marcos geográficos que separe as três praias, dá para passear à vontade por vários quilômetros de areia. A região da Praia do Campeche também é famosa pela paradisíaca Ilha do Campeche, localizada a cerca de 1,5 quilômetros da praia. Há vários passeios de barcos e escunas, especialmente para a Ilha, que saem da Praia da Armação, Barra da Lagoa e do próprio Campeche. Lá você encontra sítios arqueológicos com inscrições rupestres e oficinas líticas, com mais de 4.500 anos e trilhas. Para que gosta de mergulhar, há passeios pelas trilhas subaquáticas conduzidos por monitores, onde podem ser avistados cavalos marinhos, anémonas e lindos peixes por entre as pedras. Além de suas belezas naturais, a localização estratégica do Campeche facilita o deslocamento rápido para as praias tanto do sul quanto do leste da ilha. Um dos visitantes mais ilustres do Campeche ? homenageado com o nome da principal avenida do bairro, a Pequeno Príncipe ? foi o escritor e aviador francês Antoine de Saint-Exupèry. Durante a década de 20, Saint-Exupèry era o comandante de um vôo do correio francês que fazia escalas em um campo de pouso instalado no Campeche, o que certamente é um dos marcos históricos da comunidade. Características Naturais do Campeche São 11,5 quilômetros de praia, com faixa de areia branca, fina e larga. O mar do Campeche é grosso, com águas frias e de salinidade geralmente elevada. As ondas são fortes e as de direita com ondulação de sul proporcionam condições ideais para o surf, o que torna a praia um dos principais redutos do esporte em Florianópolis. As Dunas do Campeche abrigam uma área de 121 hectares e são tombadas como Patrimônio Natural e Paisagístico do município. A área é um campo de dunas fixas, semi-fixas e móveis, situado ao longo da praia. Nestes locais encontra-se vasta vegetação de restinga, herbácea, arbustiva e arbórea; e também vegetação rasteira. Outros lugares para se visitar são as reservas ecológicas: Lagoinha da Chica e Lagoinha Pequena. História do Campeche De acordo com dados da prefeitura, o mapa de 1786 mostra que toda a orla leste era tida como uma única praia, a Praia do Mandú. O Mapa de Paulo José Miguel de Brito revela que a Ilha do Campeche já tinha esse nome desde 1790. A partir de 1860, a praia também passou a ser chamada de Campeche. Havia muito Campeche ou Pau de Campeche na Ilha, no período de colonização, então daí surgiu o nome. Há outra versão, mais popular e difundida. O correio aéreo francês Sociêté Latécoère, na década de 20, optou por construiu no Campeche um campo de pouso para reabastecer os voos Paris-Buenos Aires. O escritor Saint-Exupéry era o comandante da rota e parava sempre para descansar. Encantado, fez amizades e ficou um tempo por aqui. Dizem que o nome Campeche surge neste momento, quando o francês dizia Champ et Pêche para designar o Campo de Pesca. Enfim, sabe-se que o Campo de Aviação marcou história, sendo o primeiro aeroporto internacional do sul do país. E a principal rua do bairro leva o nome de Pequeno Príncipe, principal obra de Saint-Exupéry. Agende uma visita com um de nossos corretores pelos fones: Escritório: 48 3067-7357 Maximiliano Borgonovo - Creci: 34338 F - Fone: 48 9 9123-7031 Cristina de Oliveira - Creci: 31357 F - Fone: 48 9 9854-3737
We at Flatfy use cookies to improve quality of your overall browsing experience. By using our services you agree to our use of cookies.Learn more